(11) 96631-0759 (11) 2924-4524
falecom@sergiodalsasso.com.br


Home
Histórico e Livros
Assessoria em Gestão
Palestras
Oficinas e Treinamentos
Biblioteca de Artigos
Canal de Vídeos
Parceiros e Clientes
Depoimentos
Fale Conosco
Solicite Orçamento

 

Biblioteca de Artigos << Voltar

Motivação, equipes & negócios (Palestrante Sérgio Dal Sasso)

1- Em quê você acha que a motivação empresarial pode ajudar no ambiente da empresa?

Uma empresa motivada apresenta um diferencial recheado para transformar potencialidade em possibilidades de conquistas. A motivação pode ser temporária ou continua, e assim, as políticas que adotamos, para atrair e ser atraído, estarão sempre vinculadas a modelos que além da lógica, possam estimular para que não sejamos parte, mas façamos parte.
Quando falamos de mercados competitivos sabemos que as organizações que deles dependem, devem estar armadas de padrões de excelência, adequando seus processos para que as aproximem dos objetivos. É nesse clima aonde todos os valores adicionais, incluindo os comportamentais, irão pesar nos negócios e nas decisões. A qualidade está acima do que produzimos adequadamente, pois depende do entusiasmo e credito dos que a representam para que seu potencial tenha forma e variabilidade para satisfazer os mercados.

2 - Ações motivacionais que envolvam retorno financeiro são realmente de valia?

Sem duvida alguma, mas sempre temos que avaliar o grau real desse envolvimento, pois a motivação deve ser continua e portanto depende de uma política de constancia, que envolva, estimule e valorize seus colaboradores. Retornos financeiros dependerão de equipes que se superam, que persistam por acreditar nos meios que atuam, que consigam transferir sorrisos espontâneos em todas as situações. Não vivemos pela quantidade imediata dos acertos, mas pela capacidade de entendermos aonde estamos errando, transformando falhas em ajustes consistentes, feitos no tempo adequado para a manutenção das direções, métodos e pessoas.

3 - Se caso a empresa passar por uma crise futura e tiver que tirar isso dos funcionários, como será a reação dos mesmos? E como a empresa deve reagir?

Nossas metodologias e valores devem ser transparentes. O principio numero um da organização é o lucro, e para conquistá-lo temos que criar a formulas de envolvimento e utilização das equipes. O jogo que integra as pessoas tem a ver com regras claras, que definam auto-avaliações dos seus membros e o próprio entendimento das necessidades que os fazem presentes e que farão com que esse relacionamento se perpetue. Dessa forma a transparência e regras do jogo devem estar condicionadas aos resultados e as próprias metas vinculadas a eles, aonde todos devem ter ciência que o clima favorável depende das conquistas a eles vinculadas.

A reação da empresa nesse caso deve envolver os que ficam, sem deixar de auxiliar os que vão, dentro de um entendimento racional visando à aceitação pelos critérios que envolveram os ajustes internos.

4 - Em sua opinião: Como a motivação deve ser implantada no ambiente profissional?

Não existe uma regra especifica que defina a formação de equipes motivadas, já que esse estagio é dependente da integração e adaptação do grupo a cultura de cada organização. Abaixo coloco algumas variáveis que determinam essa evolução dentro das organizações.

a) Todo processo de conquista depende do relacionamento inter e intra ambiente. Devemos eliminar os conflitos internos, direcionando o potencial das equipes para o esforço comum e participativo no sentido de entender e criar soluções de mercado pelo mercado, evitando concorrências internas, formando um ambiente de troca entre os colaboradores

b) Treinar pessoas significa nivelar os conhecimentos do grupo com ênfase em uma maior possibilidade de acertos para geração de resultados. Resultados quando participados, criam satisfação pessoal, estimulando o aprendizado e conscientizando a dependência e necessidade dos trabalhos de equipes.

c) Os ganhos das empresas devem sempre ter a sua parte proporcional e variável, na forma qualitativa e quantitativa, revertida aos seus colaboradores. Assim o estimulo ao desafio deve ter seu lado pratico e serem sabiamente mensurados, impulsionando os que diretamente ou indiretamente atuam pelo negócio.

d) Modelos que motivam procuram reunir seus valores humanos em todas as fases do negócio, valorizando o conhecimento tanto nas participações estratégicas como nas táticas.

5 - No treinamento que sua empresa oferece qual é o principal foco tratado para implantar a motivação?

É preciso entender os dois lados de um negócio, unindo a cultura e valores da organização com o melhor possível para que haja participação e envolvimento dos colaboradores.
O presidente de uma organização moderna deve ter a visão clara da dependência e importância do seu mais simples colaborador. O mais simples colaborador deve ter estímulos a continuar investindo no seu futuro, ciente das possibilidades de deslocamento e do grau de importância e responsabilidade sobre seu trabalho atual. Esse é o maior resultado de um treinamento, ou seja administrar o nível dos envolvimentos. Um bom treinamento deve quebrar barreiras, extraindo do potencial individual, a forma coletiva para que seja convertida em ações criativas, inovadoras, de consenso pelo próprio envolvimento, preparando pessoas para que vençam seus desafios, melhorando e acreditando na sua capacidade, necessidade, visão e integração. Um clima motivacional dependerá sempre do conjunto, suas relações e da forma como o grupo agirá diante das trilhas comuns que terão de seguir.

6- Você poderia citar algum caso de sucesso. Uma empresa que conseguiu motivar e impulsionar seus funcionários após implantar tais ações.

Existem casos aonde identificamos os bloqueios que impedem principalmente à manifestação e participação dos colaboradores, muitas vezes ofuscando talentos e os interesses da própria empresa. O princípio dos cases que praticamos, que influenciaram na motivação dos grupos, sempre passaram pela quebra de barreiras, das hierarquias excessivas que limitam a liberdade da troca, e o acesso rápido aos meios decisórios da organização.

A motivação quando realmente inserida nos ambientes, provoca praticidade e versatilidade em meios ao que fazemos, faz com que apreciemos os ambientes e formas de trabalho, quebram pelo se sentir a vontade, quando da necessidade de conversar com seus superiores e principalmente poder opinar sobre esse ou aquele assunto, sem o apertar do coração . A idéia da motivação se distancia das pessoas que passam seus dias contando as horas faltantes no relógio.
Penso que o modelo motivacional existente é muito melhor observado quando nos colocamos na situação de observador percebendo o diferencial pelas respostas que recebemos em adição ao que queríamos.
Um dia parei num restaurante na beira da estrada. Meu objetivo era o de forrar o estomago com algum salgadinho, tomar um café e utilizar o banheiro para necessidades fisiológicas.
Hora do almoço, me dirigi ao balcão, fiz o pedido por um cafezinho e uma coxinha. O garçom, que não era o dono, acrescentou: O senhor já experimentou nosso almoço? E antes da minha negativa, respondeu: Aqui fazemos a melhor comida caseira da região, vale a pena experimentar!
E Convenceu! Sentei a mesa, veio o cardápio e por estar acompanhado, solicitei dois pratos do menu. Um novo garçom sugeriu: Senhor, não existe necessidade de dois pratos, pois as porções são bem servidas.
Tinha-se um problema, um queria frango e outro carne de boi. E o sábio trabalhador imediatamente trouxe a solução, meio a meio para satisfazer os dois. Enquanto aguardava o prato principal, veio um caldo, um caldo milho e preocupado questionei. Garçom! Não pedi este prato? E o servidor amigo respondeu: Senhor, este é por conta da casa, trata-se de uma especialidade e assim quando os senhores passarem por aqui novamente, em um dia mais frio, saberão o que pedir.
Não precisava de mais nada, veio o prato principal, correto como deve ser. Terminei e "embasbacado" pedi a conta, que junto com as balas, veio encaminhada diretamente pelo proprietário que com um sorriso natural, logo perguntou: Os senhores ficaram satisfeitos? Alguma sugestão para que melhoremos nossos serviços?
Motivação é isso, uma resposta integrada para que os comprometimentos dos envolvidos garantam melhores possibilidades no dia seguinte.

www.sergiodalsasso.com.br

falecom@sergiodalsasso.com.br

 

 


Palestrante Sérgio Dal Sasso: artigos empresariais
Educação Profissional: clique na figura acima, mais de 360 artigos exclusivos para o crescimento da sua carreira e atividades de negócios.
Vídeos
Vídeo Institucional Palestrante Sérgio Dal Sasso
Últimos Artigos

Networking, negócios e empregabilidade
Entrevista Sergio Dal Sasso e Jose Augusto Minarelli para o portal da FEA-USP.(Palestrante Sergio Dal Sasso)

EMPREENDEDORISMO: sonhos, desafios e conquistas
No mundo empreendedor, o dia de hoje certamente não será o mesmo modelo de negócio, do produto e do serviço do amanhã.(Palestrante Sérgio Dal Sasso)

Os 10 mandamentos para motivar e conquistar (Palestrante Sérgio Dal Sasso)
Lute pela coragem e permita a si mesmo que os sonhos sejam parte de um combinar entre coisas e vidas.

Superação: vida e carreiras (Palestrante Sérgio Dal Sasso)
A vida é um continuar de motivos para valorizar os nossos passos... (Palestrante Sérgio Dal Sasso)

 
Twitter Newsletter Mapa do site


Acompanhe-nos, receba nossos artigos e
novidades!
*  Digite o código de segurança exibido abaixo:
Para descadastrar seu e-mail clique aqui  

Home
Histórico e Livros
Assessoria em Gestão
Palestras
Oficinas e Treinamentos
Biblioteca de Artigos
Canal de Vídeos
Parceiros e Clientes
Depoimentos
Fale Conosco

© Todos direitos reservados - Palestrante Consultor Prof. Sergio Dal Sasso