(11) 96631-0759
falecom@sergiodalsasso.com.br


Home
Histórico e Livros
Assessoria em Gestão
Palestras
Oficinas e Treinamentos
Biblioteca de Artigos
Canal de Vídeos
Parceiros e Clientes
Depoimentos
Fale Conosco
Solicite Orçamento

 

Biblioteca de Artigos << Voltar

Administração, Globalização e Riscos nos Pequenos e Médios Negócios (Palestrante Sérgio Dal Sasso)

 

Em Janeiro de 2008 escrevemos o artigo “Administração Sustentável 2008”. Abaixo segue parte do texto original, aonde alertávamos quase que “solitariamente” que nossos barcos não seriam mais impulsionados sem velas, antecipando também sobre a ausência dos controles adequados para dar sustentabilidade aos negócios.

Veja Parte do texto original “ADMINISTRAÇÃO SUSTENTÁVEL 2008 – Janeiro de 2008”:

O que podemos dizer sobre os mercados e a conjuntura econômica mundial. Existe um limite natural em tudo, toda bola estoura, e o risco da garantia dos volumes é o esquecimento das especificações básicas do jogo que estamos praticando, principalmente quando nos orientamos pelo que os outros estão fazendo, se esquecendo se realmente temos condições de praticar a mesma coisa.

Administrar de olho no mercado e suas possibilidades de conquistas às vezes fazem com que nos esqueçamos dos parâmetros lógicos de que negócios pedem por controles e que controles, acima de sistemas impecáveis, devem ser dotados de gente capaz de analisá-los antes do caos.

Todo crescimento necessita de demandas, e na contra partida nos meios competitivos, empresas acima do talento coletivo (poder de troca com ênfase nos objetivos) pela criação “do surpreender”, não podem perder o espírito analítico pela euforia de crescer a qualquer preço e prazo.  

No mundo não temos mágica, mas lógica, pois tudo que to falando é resultante das décadas de fusões e aquisições geradoras de estratégias que beneficiam escalas ajustando e consolidando participações, mas que também aceleram as reduções de mão de obra que por conseqüência se alocam em outras atividades e desafios, que nem sempre garantem um consumidor estável, mas que mesmo assim gasta e temos que aprender a trabalhar.

Aguardemos os resultados em 2008, 2009, mas antecipe e revise seus planos, pois nossos barcos não vão mais navegar sem o uso de todas as velas. Se errar pela cautela, “please” às vezes uma boa cardeneta de poupança é melhor do que traficar cocaína.

Reforçando nossa visão na época, fica-se claro pelo que vem acontecendo que essa crise tem seu reflexo em todos os cantos do planeta, e que, de forma menos intensa, porém preocupante, também praticamos da mesma maneira a política do expandir pela dilatação do credito, do tipo olhar pela venda, deixando que as informações sobre as conjunturas do crescimento fossem dados mais relevantes do que a analise das garantias do próprio consumidor.

Coisas do mundo de grandes escalas e das decisões em cima de demonstrativos que vão se acumulando com base em provisões percentuais e estatísticas, que nem sempre refletem a realidade do que está acontecendo. Nesse momento tanto faz qualquer adoção governamental para amenizar as coisas, pois o estancar o crédito, controlar ou dificultar o consumo pelo aumento dos juros, não irá amenizar a herança do que já foi feito, que se encontra na parcela do compromisso assumido do consumidor pego pelo impulso. O jogo do mercado, inevitavelmente, vai ditar à redução do poder do consumo e pior refletir na saúde dos fluxos financeiros com acréscimos pelo acumulo da inadimplência e redução de volumes.

O final do ano vem chegando e cabe um alerta ao mercado, ao gestor, ao colaborador. Primeiro não atente muito as informações ou ausências delas referente ao que o governo está passando (afinal estamos em campanha eleitoral) e em segundo se os negócios já não estão bem, não arrisque transações sem a devida visão dos prazos entre compras e vendas. Negocie muito suas compras, e reforce a tese de vender novidades, e assim justificar as vantagens das operações de curto prazo, se distanciando no máximo de ser o financiador direto na ponta final, e se isso for inevitável tenha um sistema de analise para garantir segurança caucionada frente ao comprador final.

Sérgio Dal Sasso: Conhecimento, Visão e Conteúdo

www.sergiodalsasso.com.br (Serviços)
Sérgio Dal Sasso, Palestrante e Consultor - Administração, Empreendedorismo, Educação Corporativa

Sérgio Dal Sasso: empresário, palestrante e escritor
A experiencia está no dia a dia das decisoes. Sérgio Dal Sasso, empresário (clique acima), palestrante e escritor, administrador (USP), pós graduado em Finanças (USP) e MBA varejo (FIA - USP).
Vídeos
Vídeo Institucional Palestrante Sérgio Dal Sasso
Últimos Artigos

Networking, negócios e empregabilidade
Entrevista Sergio Dal Sasso e Jose Augusto Minarelli para o portal da FEA-USP.(Palestrante Sergio Dal Sasso)

EMPREENDEDORISMO: sonhos, desafios e conquistas
No mundo empreendedor, o dia de hoje certamente não será o mesmo modelo de negócio, do produto e do serviço do amanhã.(Palestrante Sérgio Dal Sasso)

Os 10 mandamentos para motivar e conquistar (Palestrante Sérgio Dal Sasso)
Lute pela coragem e permita a si mesmo que os sonhos sejam parte de um combinar entre coisas e vidas.

Superação: vida e carreiras (Palestrante Sérgio Dal Sasso)
A vida é um continuar de motivos para valorizar os nossos passos... (Palestrante Sérgio Dal Sasso)

 
Twitter Newsletter Mapa do site


Acompanhe-nos, receba nossos artigos e
novidades!
*  Digite o código de segurança exibido abaixo:
Para descadastrar seu e-mail clique aqui  

Home
Histórico e Livros
Assessoria em Gestão
Palestras
Oficinas e Treinamentos
Biblioteca de Artigos
Canal de Vídeos
Parceiros e Clientes
Depoimentos
Fale Conosco

© Todos direitos reservados - Palestrante Consultor Prof. Sergio Dal Sasso